Humilhado por Bolsonaro, Mourão diz que não renuncia e vai até o fim

Tratado por Bolsonaro como 'cunhado indesejado', o vice-presidente negou que irá deixar o governo: "nunca abandonei uma missão, não importam as intercorrências"

(Foto: Romério Cunha/Flickr)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Após rumores de que estaria pensando em renunciar, o vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB), foi ao Twitter neste sábado (31) para dizer que ficará no governo Jair Bolsonaro "até o fim".

Mesmo com o distanciamento entre ele e Bolsonaro e sabendo que o chefe do governo o classifica como um 'cunhado indesejado', Mourão disse que não deixará o governo "em respeito" a pessoas que votaram nele em 2018. 

"Desde 2018 tenho viajado pelo Brasil e muitas pessoas falam que votaram na chapa JB-Mourão por confiar em mim. Em respeito a essas pessoas e a mim mesmo, pois nunca abandonei uma missão, não importam as intercorrências, sigo neste governo até o fim", escreveu.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email