Já filiada ao PSB, Tabata Amaral não declara apoio a Lula e defende aliança com a direita

A deputada justificou dizendo que não sabe qual será o cenário e os candidatos, mesmo com as pesquisas indicando vitória de Lula no primeiro turno

(Foto: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Na primeira semana como filiada ao PSB, a deputada Tabata Amaral evitou declarar apoio à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

“O partido tem muita ciência de qual é meu posicionamento em relação ao ano que vem e grandes lideranças de lá concordam que nós precisamos de um projeto de País, que una as pessoas da esquerda à direita”, disse Tabata em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo

A deputada justificou-se dizendo que não sabe qual será o cenário e os candidatos nas eleições do próximo ano. "Meu primeiro comprometimento é contra o governo Bolsonaro", afirmou. 

PUBLICIDADE

Segundo a pesquisa Ipec divulgada nessa quinta-feira (23), Lula tem 48% de intenções de voto e poderia vencer as eleições no primeiro turno. 

 Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email