Juiz nega pedido do MPF e mantém Ricardo Salles no cargo

Juiz federal Márcio de França Moreira negou o afastamento do ministro do Meio Ambiente e alegou que os procuradores não demonstraram como a manutenção de Salles no cargo poderia prejudicar a análise do processo. Mérito da ação deve ser julgado pela 3ª Turma do TRF-1 no próximo dia 27

Ricardo Salles
Ricardo Salles (Foto: Reprodução/Instagram | Mayke Toscano/Secom-MT)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O juiz federal Márcio de França Moreira, da 8ª Vara Federal do DF, negou nesta quarta-feira (14) o pedido do Ministério Público Federal para afastar do cargo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. 

A decisão do magistrado ocorreu um dia após ordem do desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) para que o pedido de afastamento fosse analisado pelo juiz imediatamente. O mérito da ação deve ser julgado pela 3ª Turma do TRF-1 no próximo dia 27.

Em sua decisão, o juiz Márcio Moreira alegou que o MPF não demonstrou como a manutenção de Salles no cargo poderia prejudicar a análise da ação judicial. 

Na ação, os procuradores do MPF afirmam que "por meio de ações, omissões, práticas e discursos, o Ministro do Meio Ambiente promove a desestruturação de políticas ambientais e o esvaziamento de preceitos legais, mediante o favorecimento de interesses que não possuem qualquer relação com a finalidade da pasta que ocupa."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email