Justiça dá 5 dias para governo divulgar dados sobre violência policial omitidos de relatório

Dados sobre violência policial ao longo de 2019 foram omitidos o relatório anual do serviço Disque Direitos Humanos (Disque 100). Documento é de responsabilidade do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, comandado por Damares Alves

Damares Alves e policial agredindo homem
Damares Alves e policial agredindo homem (Foto: Anderson Riedel/PR | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Justiça Federal do Rio de Janeiro concedeu um prazo de cinco dias para que o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, comandado por Damares Alves, divulgue os dados referentes às denúncias de violência policial no ano passado e que foram suprimidos  do relatório anual do serviço Disque Direitos Humanos (Disque 100).

Segundo reportagem do blog do jornalista Lauro Jardim, a juíza Maria Izabel Sant'anna ressaltou em sua decisão que "a conduta de omitir do relatório anual sobre violações de direitos humanos os dados sobre violência policial vai de encontro às determinações da Corte Interamericana de Direitos Humanos, podendo gerar, inclusive, nova responsabilização internacional da República Federativa do Brasil".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247