Lewandowski protesta contra decisão de Fux que cassou a palavra à defesa de Lula (vídeo)

Durante o julgamento da decisão que anulou as condenações do ex-presidente Lula, o ministro Ricardo Lewandowski disse que a defesa de Lula não teve "paridade de armas", após a manifestação do Ministério Público

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro Ricardo Lewandowski protestou na tarde desta quarta-feira (14) contra o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, durante o julgamento da decisão de Edson Fachin que anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Lewandowski defendeu que a defesa de Lula teve seu direito à palavra cerceado por Fux, depois que o presidente do Supremo perguntou se o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques, gostaria de se manifestar. 

O representante da PGR se manifestou dizendo que não iria se manifestar, pois não caberia sustentação oral no tipo de recurso que a Corte está julgando. Com base nisso, Fux não concedeu a palavra à defesa de Lula e o ministro Ricardo Lewandowski protestou. 

Assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email