Lula diz que Cantanhêde "poderia dar um golpe de mestre e parar de escrever bobagem"

A jornalista Eliane Cantanhêde defendeu que o ex-presidente Lula pode dar um “golpe de mestre espetacular” contra as ameaças golpistas feitas por Jair Bolsonaro ao abandonar a cabeça de chapa e ser o vice em uma chapa progressista na eleição presidencial de 2022

www.brasil247.com - Eliane Cantanhêde e Lula
Eliane Cantanhêde e Lula (Foto: Reprodução | Ricardo Stuckert)


247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista à Rádio Bandeirantes nesta terça-feira (13) e condenou a fala da jornalista Eliane Cantanhêde. Ela defendeu que o ex-presidente Lula pode dar um “golpe de mestre espetacular” contra as ameaças golpistas feitas por Jair Bolsonaro ao abandonar a cabeça de chapa e ser o vice em uma chapa progressista na eleição presidencial de 2022.

“Na imprensa já nomearam 11 vices pra mim... E agora a Catanhede escreveu mais uma obra prima... Ela poderia dar um golpe de mestre e parar de escrever bobagem”< disparou o ex-presidente. 


Saiba mais 

A jornalista Eliane Cantanhêde, que apoiou o golpe de 2016 contra Dilma Rousseff e a prisão política de Luiz Inácio Lula da Silva, agora avalia que o ex-presidente pode dar um “golpe de mestre espetacular” contra as ameaças golpistas feitas por Jair Bolsonaro ao abandonar a cabeça de chapa e ser o vice em uma chapa progressista na eleição presidencial de 2022. Lula lidera a corrida pelo Planalto de acordo com a última pesquisa Datafolha.

“O presidente Jair Bolsonaro está esfarelando e, se a eleição fosse hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estaria eleito no primeiro turno, segundo o Datafolha. Lula, portanto, já é o grande vitorioso. É hora de reagir à ameaça de golpe com um golpe de mestre espetacular, de enorme grandeza, abrindo mão da cabeça de chapa e assumindo a vaga de vice numa chapa de união e pacificação nacional. Um gesto para a história à altura da sua biografia e do grande líder que ele é”, diz ela em sua coluna no jornal O Estado de S. Paulo. 

Para ela, “com Lula disputando a volta à Presidência, e com grandes chances, aprofundam-se a polarização e esvaem-se as soluções. Com Lula trocando a vaga na chapa pelo papel histórico de arquiteto e líder da união nacional, ele mantém sua capacidade poderosa de atrair votos, mas desanuvia-se o ambiente, tira-se a motivação de parte dos votos em Bolsonaro e abre-se a porta para uma nova era, inclusive na economia”.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email