“Moro blindou autoridades que enviaram ilegalmente grana ao exterior?”, indaga Glauber Braga

O deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) disse que "a decisão do STF de ontem sobre o caso Banestado traz informações graves sobre algo que não pode ser esquecido"

Glauber Braga e Sergio Moro.
Glauber Braga e Sergio Moro. (Foto: Will Shutter/Câmara dos Deputados | Marcello Casal Jr/Agencia Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado Galuber Braga (PSOL-RJ) comentou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou sentença do então juiz Sergio Moro no caso Banestado por considerar que ele quebrou a imparcialidade. 

O parlamentar disse que "a decisão do STF de ontem sobre o caso Banestado traz informações graves sobre algo que não pode ser esquecido". 

"Se Moro atuou em conluio com a acusação, teria ele usado a influência pra blindar autoridades que operaram e enviaram ilegalmente grana pro exterior e lavaram dinheiro?", indagou o parlamentar.

Glauber Braga chamou atenção numa interlocução com Sergio Moro na Câmara em julho do ano passado ao chamá-lo de "juiz ladrão", quando o então ministro da Justiça foi dar explicações sobre irregularidades na Lava Jato após revelações da série de reportagens do Intercept, conhecida como Vaza Jato. Pela declaração, ele foi notificado pelo Conselho de Ética da Câmara. Recentemente, após decisões do STF favoráveis a Lula, ele voltou a fazer a afirmação.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247