Moro é rebaixado pela Alvarez & Marsal de sócio-diretor a mero consultor

Condenado pelo STF por parcialidade contra o ex-presidente Lula, o ex-juiz sérgio Moro foi descrito pela Alvarez & Marsal à Justiça de São Paulo como consultor que não tem salário fixo e só é remunerado quando presta algum serviço

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters | Reprodução)


247 - O ex-juiz Sérgio Moro, condenado pelo Supremo Tribunal Federal por parcialidade contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi rebaixado de cargo pela Alvarez & Marsal. 

Segundo a revista Veja, em manifestação à Justiça de São Paulo no dia 7 de abril, no processo de recuperação judicial do grupo Odebrecht, a Alvarez & Marsal disse que Sérgio Moro não é sócio de qualquer empresa do grupo e reitera várias vezes que o ex-juiz da Lava Jato foi contratado apenas como consultor, o que significa que também não tem salário fixo e só é remunerado quando presta algum serviço.

“A remuneração do Sr. Sérgio Moro decorre tão somente dos honorários pagos pela empresa cliente nos específicos casos em que está autorizado a atuar e com base na efetiva prestação de serviços como consultor”, diz  a manifestação da consultoria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A suspeição da Alvarez & Marsal foi levantada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) pelo fato de Sérgio Moro ter sido o juiz que conduziu o processo da Lava Jato e que levou à prisão de vários executivos e ao processo de delação premiada e acordo de leniência da companhia. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No site oficial da Alvarez, ainda consta a posição de diretor-gerente de Sérgio Moro na empresa e também ainda está no ar o release de apresentação do ex-juiz, como sócio-diretor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email