Moro é rebaixado pela Alvarez & Marsal de sócio-diretor a mero consultor

Condenado pelo STF por parcialidade contra o ex-presidente Lula, o ex-juiz sérgio Moro foi descrito pela Alvarez & Marsal à Justiça de São Paulo como consultor que não tem salário fixo e só é remunerado quando presta algum serviço

(Foto: Reuters | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ex-juiz Sérgio Moro, condenado pelo Supremo Tribunal Federal por parcialidade contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi rebaixado de cargo pela Alvarez & Marsal. 

Segundo a revista Veja, em manifestação à Justiça de São Paulo no dia 7 de abril, no processo de recuperação judicial do grupo Odebrecht, a Alvarez & Marsal disse que Sérgio Moro não é sócio de qualquer empresa do grupo e reitera várias vezes que o ex-juiz da Lava Jato foi contratado apenas como consultor, o que significa que também não tem salário fixo e só é remunerado quando presta algum serviço.

“A remuneração do Sr. Sérgio Moro decorre tão somente dos honorários pagos pela empresa cliente nos específicos casos em que está autorizado a atuar e com base na efetiva prestação de serviços como consultor”, diz  a manifestação da consultoria.

PUBLICIDADE

A suspeição da Alvarez & Marsal foi levantada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) pelo fato de Sérgio Moro ter sido o juiz que conduziu o processo da Lava Jato e que levou à prisão de vários executivos e ao processo de delação premiada e acordo de leniência da companhia. 

No site oficial da Alvarez, ainda consta a posição de diretor-gerente de Sérgio Moro na empresa e também ainda está no ar o release de apresentação do ex-juiz, como sócio-diretor.

PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email