Moro ganhou R$ 3,5 milhões em um ano da empresa que lucrou com a quebra do Brasil

Ex-juiz suspeito recebeu US$ 656 mil nos doze meses de contrato da Alvarez & Marsal, entre 23 de novembro de 2020 e 26 de novembro de 2021

www.brasil247.com - Sergio Moro
Sergio Moro (Foto: REUTERS/Adriano Machado | Reprodução)


247 - O ex-juiz suspeito Sergio Moro recebeu R$ 3,5 milhões em um ano da Alvarez & Marsal, empresa que lucrou com a quebra de empresas brasileiras por meio de decisões da Lava Jato. O pré-candidato à presidência havia marcado de anunciar nesta sexta-feira (28), em uma live no canal de Kim Kataguiri, o valor de seus rendimentos.

De acordo com informações divulgadas pelo jornalista Lauro Jardim, ele recebeu um total de US$ 656 mil nos doze meses de contrato com a consultoria, entre 23 de novembro de 2020 e 26 de novembro do ano passado. Em reais, são exatos R$ 3,537 milhões.

A cifra representa: R$ 294.750 por mês, R$ 9.825 por dia e um total de 2.918 salários mínimos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

>>> MP pede ao TCU que Banco do Brasil e Coaf esclareçam salário de Moro na Alvarez & Marsal

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Moro é alvo de investigação do TCU Tribunal de Contas da União (TCU), que até já havia retirado, por decisão do ministro Bruno Dantas, o sigilo dos documentos que tratavam dos rendimentos do ex-juiz. A ação apura irregularidades envolvendo a Lava Jato e a Odebrecht.

O pedido foi apresentado pelo subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado, do Ministério Público de Contas. Na ação, Furtado diz que é necessário investigar “prejuízos ocasionados aos cofres públicos pelas operações supostamente ilegais dos membros da Lava Jato de Curitiba e do ex-juiz Sergio Moro, mediante práticas ilegítimas de revolving door, afetando a empresa Odebrecht S.A., e lawfare, conduzido contra pessoas investigadas nas operações efetivadas no âmbito da chamada Operação Lava Jato.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Live com Kim Kataguiri

“O que foi combinado é que eu receberia um salário de 45.000 dólares por mês”, disse Moro, em live com o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP). 

O ex-juiz suspeito disse ainda que abriu uma empresa para receber os salários, que davam 24.000 dólares líquido. Parte dos valores também foi paga no Brasil, em reais. Tudo, segundo Moro, foi declarado.

O ex-juiz suspeito também recebeu um bônus de 150.000 dólares. No total, recebeu 690.000 dólares, algo como 3,7 milhões de reais na conversão do momento (18:35, 28 de janeiro). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email