Polícia Federal intima Eduardo e Carlos Bolsonaro a deporem sobre atos antidemocráticos

Os depoimentos acontecem no momento em que a investigação avança sobre a origem do financiamento dos atos antidemocráticos e apuram a existência também de um esquema de lavagem de dinheiro ligado às manifestações

www.brasil247.com - Eduardo e Carlos Bolsonaro
Eduardo e Carlos Bolsonaro (Foto: Amanda Perobelli/Reuters | Reprodução | Divulgação/Câmara Municipal do Rio de Janeiro)


247 - A Polícia Federal intimou o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro a deporem como testemunhas na investigação relacionada aos atos antidemocráticos do início de 2020, segundo Caio Junqueira, da CNN.

Os depoimentos acontecem no momento em que os investigadores avançam sobre a origem do financiamento dos atos e apuram a existência de um esquema de financiamento e lavagem de dinheiro ligado às manifestações.

Já existe também um mandado de busca e apreensão, expedido pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, contra a empresa Foco do Brasil, um dos principais canais de mídia bolsonarista e que transmitiu ao vivo o ato do dia 19 de abril. Investigações apontam que este canal “monetizou, entre março de 2019 e maio de 2020, o montante de US$ 330.887, dados que reforçam a necessidade de realização de ação de busca e apreensão no local”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A oitiva de Eduardo Bolsonaro está marcada para acontecer no dia 22 de setembro em Brasília. O depoimento de Carlos, pelo que consta, aconteceu no dia 10 deste mês, mas nem a PF e nem os advogados do vereador confirmaram se o testemunho de fato ocorreu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A investigação tramita sob segredo de Justiça no Supremo Tribunal Federal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email