Polícia prende homem que perseguiu advogado de Bolsonaro, Frederick Wassef, com faca na mão

Wassef foi acusado por testemunhas de assediar mulher casada em restaurante do Lago Sul. Advogado nega e diz que ataque ocorreu por política

www.brasil247.com - Frederick Wassef
Frederick Wassef (Foto: Reuters)


Do Metrópoles - O homem acusado de perseguir com uma faca na mão o advogado do presidente Jair Bolsonaro, Frederick Wassef, após uma confusão em um restaurante do Lago Sul, área nobre de Brasília, na tarde deste sábado (21/8), foi preso. A informação foi confirmada pelo Metrópoles na noite deste sábado com a Polícia Civil do Distrito Federal. A advogada do suspeito compareceu na delegacia para auxiliar o cliente. A polícia não informou em qual crime o homem, que ainda não teve a identidade confirmada, foi enquadrado.

Advogado do presidente Jair Bolsonaro, Frederick Wassef nega ter assediado uma mulher na tarde deste sábado. “É uma mulher de quase 60 anos. Quase morri”, afirmou, logo após prestar depoimento na 10ª Delegacia de Polícia, em Brasília, após a confusão. Segundo ele, o marido dela o ameaçou por ser advogado de Bolsonaro.

Continue lendo no Metrópoles

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email