Por problema de “logística”, Ministério da Saúde adia voo que vai buscar vacinas na Índia

Ainda não foi divulgado se essa mudança atrasará a chegada dos imunizantes no Brasil, que estava prevista para o próximo domingo (17)

(Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O Ministério da Saúde,  comandado pelo general Eduardo Pazuello, anunciou nesta quinta-feira (14) que o avião que partiria às 23h deste dia para buscar as 2 milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford na Índia foi adiado para sexta-feira. O lote dos imunizantes foi comprado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com a farmacêutica indiana Serum.

Segundo nota divulgada pela pasta, o adiamento aconteceu por “questões logísticas internacionais”. Pazuello assumiu a pasta com a “credencial” de ser, supostamente, um “especialista em logística. Mais uma vez isso parece não se confirmar.

“O Ministério da Saúde informa que o avião da companhia aérea Azul começará sua rota para buscar os dois milhões de doses da vacina contra a Covid-19 na Índia às 15h30 desta quinta-feira (14), decolando do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), com escala ao Aeroporto de Guararapes, em Recife (PE). A partida da cidade pernambucana para Mumbai, na Índia, foi reprogramada em algumas horas por questões logísticas internacionais e continua seu plano de voo nesta sexta-feira (15), às 23h”, diz a mensagem publicada pelo governo.

Continue lendo na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email