Procurador que espancou a chefe durante expediente é preso em São Paulo

Justiça havia determinado a prisão preventiva do procurador de Registro (SP), Demétrius Oliveira Macedo, na quarta-feira (22)

www.brasil247.com - Demétrius Oliveira Macedo e Gabriela Samadello Monteiro de Barros
Demétrius Oliveira Macedo e Gabriela Samadello Monteiro de Barros (Foto: Reprodução)


247 - O procurador de Registro (SP), Demétrius Oliveira Macedo, que agrediu brutalmente sua chefe, a procuradora-geral de Registro (SP), Gabriela Samadello Monteiro de Barros, foi preso nesta quinta-feira (23), em São Paulo, por agentes da Polícia Civil, de acordo com o G1. A Justiça havia determinado a prisão preventiva do procurador na quarta-feira (22). O espancamento, ocorrido durante o expediente, foi gravado em vídeo. 

A investigação reuniu fotos e vídeos da agressão, além do depoimento da procuradora-geral para fundamentar o pedido de prisão preventiva. Ainda segundo a reportagem, ao solicitar a prisão do procurador, o delegado Daniel Vaz Rocha ressaltou que Demétrius “vem tendo sérios problemas de relacionamento com mulheres no ambiente de trabalho, sendo que, em liberdade, expõe a perigo a vida delas, e consequentemente, a ordem pública".

O agressor havia sido liberado pouco após o boletim de ocorrência da agressão ter sido registrado sob a alegação de “falta de flagrante”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email