Punição máxima que CNMP poderá aplicar a Dallagnol é de censura ou advertência

Integrantes do CNMP avaliam que a punição máxima que o ex-coordenador da Lava Jato Deltan Dallagnol poderá receber na ação movida pelo senador Renan Calheiros será a de censura ou advertência. Processo contra Dallagnol voltará à pauta do colegiado nesta terça-feira (8)

Deltan Dallagnol
Deltan Dallagnol (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) avaliam que apesar das chances do colegiado formar maioria para punir o procurador Deltan Dallagnol na ação movida pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL) a punição máxima que ele poderá ser aplicada será a de censura ou advertência.

O processo em que Calheiros acusa Dallagnol de tentar interferir na eleição para a presidência do Senado em 2018 voltará à pauta do colegiado nesta terça-feira (8). 

Segundo reportagem da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a tendência inicial do CNMP era aplicar uma pena de suspensão, mas a punição,terá que ser revista em função do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux ter determinado a suspensão de uma punição anterior aplicada ao procurador. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email