"Quando um documentário financiado pelo público atingiu tantas visualizações?", questiona Zé de Abreu

O ator rasgou elogios ao documentário 'Bolsonaro e Adélio - Uma fakeada no coração do Brasil' e criticou a postura da mídia corporativa, que mais se preocupa em descreditar Joaquim de Carvalho e o Brasil 247 que em descobrir a verdade. Assista na TV 247

Zé de Abreu
Zé de Abreu
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ator Zé de Abreu, em entrevista ao Bom Dia 247 deste sábado (18), rasgou elogios ao jornalista Joaquim de Carvalho e seu documentário na TV 247 'Bolsonaro e Adélio - Uma fakeada no coração do Brasil'. A produção já soma mais de 1 milhão de visualizações e levanta graves questões sobre a suposta facada que levou à eleição de Jair Bolsonaro em 2018. 

"Não tenho acesso a esses dados, mas quantas vezes um site independente, como o 247, atingiu 1 milhão de visualizações em 5 dias em um documentário? Num documentário pago pela comunidade?", questionou o ator. "É um fenômeno". 

Zé de Abreu criticou, ainda, a matéria rasteira da Folha de S.Paulo, que atacou o Brasil 247 e Joaquim de Carvalho. Ranier Bragon, que redigiu a peça, fugiu do debate. "Sentiram", pontuou o ator. 

PUBLICIDADE

"No mínimo, se furou uma bolha. Quero dizer, a Folha e o Globo sentiram. 'Tem alguma coisa nova no ar e nós temos que reagir'. A primeira reação foi totalmente atabalhoada. Eu me senti envergonhado pelo jornalista (Ranier Bragon, da Folha de S.Paulo). Se ele for boa gente, o jeito que ele tratou o Joaquim não é uma troca de colegas. Essas são perguntas que se mandam para políticos corruptos, não para um colega jornalista, um decano do jornalismo", elogiou. 

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email