Quebra de sigilos atinge também ex-mulher de Bolsonaro e assessores de Carlos

Além de Carlos Bolsonaro, a quebra dos sigilos bancário e fiscal determinada pela Justiça do Rio atingirá um núcleo de 26 pessoas e 7 empresas por envolvimento no esquema das "rachadinhas" na Alerj

www.brasil247.com - Ana Cristina Valle e Carlos Bolsonaro
Ana Cristina Valle e Carlos Bolsonaro (Foto: Divulgação)


247  - A quebra dos sigilos bancário e fiscal determinada pela Justiça do Rio na investigação das "rachadinhas" atingirá, além do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), a segunda mulher de Jair Bolsonaro, Ana Siqueira Valle, e mais 25 pessoas. Entre eles, estão seis parentes dela que constavam como assessores no gabinete do filho do presidente na Alerj. A medida foi autorizada em 24 de maio, em reclamação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) à 1ª Vara Especializada de Combate ao Crime do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ). 

O MP investiga o núcleo desde julho de 2019 pelo esquema de desvio de salários de funcionários "fantasmas" no gabinete do vereador. Outras sete empresas também tiveram os sigilos bancário e fiscal quebrados, informa a jornalista Juliana Dal Piva, no UOL. 

A lista inclui o publicitário André Valle e a fisiculturista Andrea Valle, ambos irmãos da ex-mulher do presidente. Andrea Valle admitiu que devolvia 90% do salário no período em que constou como assessora da família Bolsonaro. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email