‘Quem queria interferir na PF era Moro’, diz advogado de Bolsonaro

A relação de Moro com Valeixo “me autoriza a acreditar que, então, a relação com o ex-diretor da Polícia Federal era muito forte e de cunho pessoal e emocional”, disse advogado de Jair e Flávio Bolsonaro, Frederick Wassef

Frederick Wassef, Jair Bolsonaro e Flávio Bolsonaro
Frederick Wassef, Jair Bolsonaro e Flávio Bolsonaro (Foto: Reprodução | Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O advogado de Jair Bolsonaro e Flávio Bolsonaro, Frederick Wassef, disse em entrevista à CNN, nesta quarta-feira, 6, que Jair Bolsonaro é inocente e que quem queria interferir na Polícia Federal era o próprio ex-ministro da Justiça Sergio Moro.

O advogado apontou que a relação de Moro com o ex-diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, era de “cunho pessoal e emocional”, pois o ex-juiz da Lava Jato “jogou fora” sua carreira “por causa de um delegado de polícia”. Ele afirmou que se não fosse uma relação pessoal e emocional entre os dois, não teria porque causar um “escândalo nacional e até internacional”.

“Isso me autoriza a acreditar que, então, a relação com o ex-diretor da Polícia Federal era muito forte e de cunho pessoal e emocional”, afirmou. “Talvez quem quisesse ter uma ingerência ou uma interferência na Polícia Federal era o próprio ministro Sergio Moro”, reforçou. E complementou: “o que estão acusando o presidente Bolsonaro… é o contrário. Todos indícios apontam que quem queria ter essa ingerência era o ministro”.

Ele também afirmou que as acusações contra Bolsonaro são “fake news” e que isso foi comprovado pelo próprio Sergio Moro, que em seu depoimento aliviou para o presidente, afirmando que a interferência de Bolsonaro não tinha causa - era arbitrária - e que ele não cometeu crime. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247