Renan anuncia projeto de lei para punir intolerância fascista no Brasil

"Apresentarei uma PEC e 5 projetos punindo a intolerância e crimes contra o Estado Democrático de Direito", escreveu o parlamentar", afirmou o senador

www.brasil247.com - O relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros.
O relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros. (Foto: Pedro França/Agência Senado)


247 - O senador Renan Calheiros (MDB-AL) informou que vai apresentar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e outros cinco projetos para punir a intolerância e crimes contra o Estado Democrático de Direito.

"Com @LulaOficial resgataremos a paz e o amor. Para apagar o ódio que vitimou o poeta da paz @gilbertogil e outros (Maia, Randolfe, ministros do STF), apresentarei uma Pec e 5 projetos punindo a intolerância e crimes contra o Estado Democrático de Direito", escreveu o parlamentar.

O cantor e compositor Gilberto Gil foi insultado por fascistas bolsonaristas no Catar. Aos 80 anos, Gil estava acompanhado da esposa Flora Gil e foi filmado e xingado. A agressão provocou indignação nas redes.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247