Secretários de Saúde afirmam que não vão obedecer exigências de Queiroga para vacinar crianças

Conass qualificou a exigência de prescrição médica para vacinar crianças de 5 a 11 anos contra Covid-19 como 'absurda'

www.brasil247.com -
(Foto: Divulgação)


247 - O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) afirmaram que não vão obedecer a “absurda” exigência do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, de que a vacinação contra Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos somente será feita sob prescrição médica. De acordo com o jornal O Globo, o Conass deverá se posicionar oficialmente sobre o assunto ainda nesta sexta-feira (24). Ainda segundo a reportagem, o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) também avalia que não há necessidade da exigência feita pela pasta . 

Nesta quinta-feira, o  Ministério da Saúde abriu consulta pública sobre a vacinação em crianças, defendendo, além da necessidade de prescrição médica, a autorização dos pais para que a vacina seja aplicada. A consulta pública, porém, foi encerrada menos de 12 horas após ser disponibilizada na internet por, supostamente, ter atingido 50 mil respostas,  o número máximo permitido.    

A exigência do ministério é questionada por especialistas uma vez que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso da vacina da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos. Segundo a autarquia, o imunizante é seguro e eficaz. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dados mostram que desde o início da pandemia, em março de 2020, mais de 300 crianças já morreram em decorrência da Covid-19. Somente em 2021 foram registrados 3.185 casos da doença na faixa etária de 5 a 11 anos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email