TCU desmente Bolsonaro e diz não ter provas de fraude no número de mortos pela Covid-19

Mais cedo, Bolsonaro havia afirmado que relatório do TCU apontava que quase metade das mortes registradas no Brasil como consequências da Covid-19 tiveram, na realidade, outras causas

Projeção em protesto contra Bolsonaro
Projeção em protesto contra Bolsonaro (Foto: AMANDA PEROBELLI / REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Tribunal de Contas da União (TCU) desmentiu nesta segunda-feira (7) Jair Bolsonaro, que disse mais cedo que o tribunal havia produzido um relatório que constatava que quase metade das mortes registradas como consequências da Covid-19 no Brasil tiveram, na verdade, outra causa.

"O relatório final não é conclusivo, mas em torno de 50% dos óbitos de 2020 por covid não foram por covid, segundo o Tribunal de Contas da União. O relatório saiu há uns dias, lógico que a imprensa não vai divulgar, mas nós vamos hoje à tarde. Como é do TCU, ninguém vai me criticar por causa disso", falou Bolsonaro.

Em nota, o TCU negou a informação. "O TCU esclarece que não há informações em relatórios do tribunal que apontem que ‘em torno de 50% dos óbitos por Covid no ano passado não foram por Covid’, conforme afirmação do Presidente Jair Bolsonaro divulgada hoje".

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email