HOME > Brasil

Tony Garcia vê manobra do TRF-4 para livrar Danilo Pereira Júnior do CNJ e cobra intervenção de Gilmar Mendes

Juiz Danilo Pereira Júnior foi afastado da Lava Jato enquanto é investigado por conta de irregularidades durante a operação

Tony Garcia e o Tribunal Regional Federal da 4a Região (TRF4-RS) (Foto: Reprodução | ABR)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O afastamento do juiz Danilo Pereira Júnior da 13ª Vara de Justiça Federal do Paraná, conhecida pela responsabilidade sobre a Lava Jato, é uma "manobra" do Tribunal Regional Federal da 4a Região (TRF-4) para livrá-lo das investigações abertas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre irregularidades cometidas durante a operação, disse o empresário Tony Garcia em postagem nas suas redes sociais nesta quarta-feira (12).

"A manobra é uma afronta absurda do lavajatismo ao CNJ que abriu investigação contra Danilo, Gabriela Hardt e Sergio Moro por crimes cometidos nessa tenebrosa vara", escreveu Garcia em postagem na rede social X. Ele cobrou uma atuação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

A mudança ocorre após o presidente do TRF-4, desembargador Fernando Quadros, convocar Pereira Júnior para auxiliar nos processos da Corte, que revisam casos da Justiça Federal nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Danilo enfrenta um processo administrativo disciplinar por ter desrespeitado decisões do STF relacionadas a uma ação envolvendo o juiz Eduardo Appio. Os desembargadores Thompson Flores e Loraci Lima, do TRF-4, também são investigados.

Se a investigação concluir que ocorreram irregularidades, os magistrados ficam sujeitos a receber sanções disciplinares, como censura, advertência e aposentadoria compulsória.

As alegadas irregularidades envolvendo casos da Lava Jato já levaram o corregedor-nacional do CNJ, Luís Felipe Salomão, a afastar Pereira Júnior do cargo. Na época, poucas horas depois da decisão, o órgão voltou atrás.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados