Brasil atinge marca de 30,7 milhões de vacinados contra a Covid-19

No total, apenas 14.621.694 pessoas receberam as duas doses de imunizante no país, necessárias para imunizar a população. O número equivale a apenas 6,9% da população nacional

(Foto: © Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Brasil atingiu a marca de 30,7 milhões de vacinados contra a Covid-19 apenas nesta quarta-feira, 28, segundo o UOL.

No total, foram 30.740.811 pessoas que receberam pelo menos uma dose de vacina contra a doença, o que corresponde a 14,52% da população do país.

Levando em conta que as duas vacinas usadas atualmente no Brasil - CoronaVac e Oxford/AstraZeneca - necessitam de duas doses para imunizar o paciente, o dado anunciado não corresponde ao número de pessoas imunizadas contra o novo coronavírus.

No total, apenas 14.621.694 pessoas receberam as duas doses de imunizante no país. O número equivale a apenas 6,9% da população nacional.

Anvisa nega importação da Sputnik V

Apesar da vacinação ser lenta no Brasil, na segunda-feira, 26, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) barrou a importação e o uso da vacina russa Sputnik V no Brasil.

Segundo o site Brasil Wire, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos (HHS, na sigla em inglês) confirmou que o governo do ex-presidente Donald Trump pressionou o Brasil contra a aquisição da vacina russa contra a Covid-19, Sputnik V, e o Panamá contra o uso de médicos cubanos.

Segundo os EUA, as medidas foram tomadas contra o “aumento da influência” da Rússia em países latino-americanos e caribenhos.

Por isso, em nota, a Sputnik V denunciou que a decisão da Anvisa foi política.

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email