OMS não irá recomendar vacina russa contra Covid-19 até ter resultados

Segundo o diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Jarbas Barbosa, a OMS não recebeu informações suficientes sobre a vacina russa para avaliá-la. “Qualquer produtor de vacina tem que seguir este procedimento que garante sua segurança e tem a recomendação da OMS”, disse ele

Foto de divulgação de vacina desenvolvida pela Rússia contra a Covid-19 06/08/2020
Foto de divulgação de vacina desenvolvida pela Rússia contra a Covid-19 06/08/2020 (Foto: Fundo Direto de Investimento Russo/Divulgação via REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

BRASÍLIA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) não recebeu informações suficientes sobre a vacina russa contra a Covid-19 para avaliá-la no momento, disse nesta terça-feira o diretor-assistente da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Jarbas Barbosa.

Questionado sobre os planos para produzir a potencial vacina russa no Brasil, Barbosa disse que uma eventual produção fora da Rússia não deve ser feita até que os testes das Fases 2 e 3 sejam concluídos, para garantir sua segurança e eficácia.

“Qualquer produtor de vacina tem que seguir este procedimento que garante sua segurança e tem a recomendação da OMS”, disse ele em uma entrevista virtual realizada pelo braço regional da OMS para as Américas.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247