Povos indígenas estão em risco devido à Covid-19, alerta OMS

"Não podemos esperar uma vacina. Temos que salvar vidas agora”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. Segundo ele, no dia 6 de julho havia mais de 70 mil casos contabilizados de Covid-19 entre os povos indígenas nas Américas, com mais de 2 mil mortes

Índios ianomamis com máscaras de proteção facial em destacamento militar em Alto Alegre, Rondônia 01/07/2020
Índios ianomamis com máscaras de proteção facial em destacamento militar em Alto Alegre, Rondônia 01/07/2020 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - As comunidades indígenas, que somam meio milhão de pessoas em todo o mundo, estão particularmente vulneráveis à pandemia de coronavírus devido a condições de vida precárias, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta segunda-feira.

O diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que em 6 de julho havia mais de 70.000 casos contabilizados de Covid-19 entre povos indígenas nas Américas, com mais de 2.000 mortes.

Ele pediu às nações que tomem todas as precauções de saúde necessárias, com ênfase especial no rastreio de contatos, para tentar conter a propagação da Covid-19.

“Não podemos esperar uma vacina. Temos que salvar vidas agora”, disse ele em uma entrevista coletiva pela internet da sede da agência da ONU em Genebra.

As infecções globais pela Covid-19 alcançaram mais de 14,5 milhões, de acordo com uma contagem da Reuters, com mais de 600.000 mortes.

Leia mais sobre o assunto no Brasil 247

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247