Quantidade de vacinas distribuídas aos estados deve durar três dias, diz especialista

Para a infectologista Raquel Stucchi, não dá para contar que a produção de vacinas já está a pleno vapor

(Foto: ABr | Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasil de Fato com 247 - A vacinação contra o novo coronavírus começou nesta segunda-feira (18) em 10 estados do país. No total, estão sendo distribuídas cerca de 6 milhões de doses da vacina CoronaVac, aprovada em caráter de uso emergencial neste domingo (17) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A quantidade aprovada até agora e que está sendo distribuída representa, no entanto, apenas 1,4% do necessário para imunizar toda a população: cerca de 420 milhões de doses. 

Segundo Raquel Stucchi, integrante da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e professora da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a quantidade de vacinas distribuídas aos estados deve durar três dias.

Ela ressalta que, antes de os municípios começarem a aplicar as vacinas, deve ser feito um planejamento com a quantidade disponível do medicamento de forma a garantir duas doses para cada pessoa.

“Se um município recebeu 4 mil doses, deve se programar para vacinar duas mil pessoas. Não podemos correr o risco de perder um montante grande de doses, porque intervalos maiores do que quatro semanas não são recomendados para a vacina do Butantan”, explica.

Para a infectologista, não dá para contar que a produção de vacinas já está a pleno vapor.

Continue lendo no Brasil de Fato

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email