CPI repudia comportamento negacionista de Bolsonaro em Nova York: "mais uma vergonha para o Brasil"

“Além de uma das piores conduções no enfrentamento à pandemia no mundo, o presidente, escarnecendo dos quase 600 mil mortos, segue boicotando as orientações da ciência, recusando vacinas e desprezando as medidas como uso de máscaras e distanciamento”, diz nota da CPI da Covid

www.brasil247.com -
(Foto: Alan Santos/PR | Pedro França/Agência Senado)


247 - Após Jair Bolsonaro promover um vexame em Nova York (EUA), onde falará na Assembleia Geral da ONU, a CPI da Covid assinou uma nota contra o comportamento negacionista do chefe do Executivo brasileiro, nesta segunda-feira, 20.

A nota é assinada pelo presidente da comissão, senador Omar Aziz, o vice-presidente, Randolfe Rodrigues, e o relator, Renan Calheiros. Os parlamentares alegam que as atitudes de Bolsonaro são "mais uma vergonha para o Brasil"

“Além de uma das piores conduções no enfrentamento à pandemia no mundo, o presidente, escarnecendo dos quase 600 mil mortos, segue boicotando as orientações da ciência, recusando vacinas e desprezando as medidas como uso de máscaras e distanciamento”, dizem. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a Nota CPI

Transcorridos 147 dias de investigação, a maioria dos integrantes da CPI expressa seu repúdio ao comportamento negacionista continuado do presidente  da República. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além de uma das piores conduções no enfrentamento à pandemia no mundo, o presidente, escarnecendo dos quase 600 mil mortos, segue boicotando as orientações da ciência, recusando vacinas e desprezando as medidas como uso de máscaras e distanciamento. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma péssimo exemplo para o mundo e mais uma vergonha para o Brasil.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email