Veja divulga áudio que prova que Wajngarten mentiu na CPI

O ex-chefe da Secom negou em depoimento à CPI da Covid ter dito à revista que o Ministério da Saúde foi "incompetente" na busca por vacinas. Áudio divulgado nesta tarde comprova que ele usou essa palavra para se referir à gestão de Pazuello

www.brasil247.com - Fabio Wajngarten em depoimento na CPI da Covid no Senado nesta quarta-feira (12)
Fabio Wajngarten em depoimento na CPI da Covid no Senado nesta quarta-feira (12) (Foto: Abr | Edilson Rodrigues/Agência Senado)


247 - Após o ex-chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) Fabio Wajngarten negar, em depoimento à CPI da Covid nesta quarta-feira (12), ter dito à Veja que o Ministério da Saúde, sob a gestão de Eduardo Pazuello, foi incompetente na busca por vacinas contra Covid-19, o veículo divulgou o áudio gravado durante a entrevista.

Questionado se a pasta foi negligente ou incompetente, Wajngarten responde: "foi incompetência. Quando você tem um laboratório americano com cinco escritórios de advocacia apoiando a negociação e tem do outro lado um time pequeno, tímido, sem experiência, é sete a um".

À CPI, Wajngarten minimizou as críticas que fez a Pazuello: "ele foi corajoso de assumir o Ministério da Saúde no pior momento possível. A incompetência dele foi ficar à refém da burocracia".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com a divulgação do áudio, fica comprovada mais uma mentira de Wajngarten.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email