Após sugerir que comunistas criaram Covid para destruir cristãos, Elba Ramalho diz que foi "mal interpretada"

"Existia um contexto de cunho espiritual [na conversa] e as pessoas não entenderam. Eu sinto muito. Foi um grande mal entendido", disse a cantora sobre a declaração que viralizou nas redes

Elba Ramalho
Elba Ramalho (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A cantora Elba Ramalho afirmou nesta terça-feira (5) que foi "mal interpretada" após viralizar uma repercussão sua indicando que "comunistas" teriam criado a pandemia do novo coronavírus para destruir os cristãos

Em declaração ao jornalista Leo Dias, do Metrópoles, Elba Ramalho pediu desculpas. “Fui mal interpretada. Existia um contexto de cunho espiritual [na conversa] e as pessoas não entenderam. Eu sinto muito. Foi um grande mal entendido. Minhas sinceras desculpas”, afirmou. 

A afirmação polêmica da artista paraibana foi dada durante uma live com padre Marcos, da Paróquia São Conrado, no Rio de Janeiro.

“Mas tudo bem, estamos aqui, cristãos, sobrevivendo. E vamos sobreviver a essa turbulência que a humanidade está atravessando. Para muitas pessoas é apenas uma pandemia, para nós, o senhor sabe e eu sei, é muito mais coisa por trás dessa pandemia e que vem ainda com o intuito de nos destruir. Nós somos o incômodo, o calo dos comunistas. Somos nós cristãos, mas nós somos também a resistência e vamos permanecer fiéis, porque Deus vai nos proteger”, afirmou a cantora durante a live com o religioso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247