Documentário pede saída de Sérgio Camargo da Fundação Palmares

Intelectuais e professores negros idealizaram a produção de um documentário sobre a luta do movimento antirracismo e defenderam a saída do atual presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, que é negro, mas é conhecido por declarações racistas

Sérgio Nascimento de Camargo
Sérgio Nascimento de Camargo (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Intelectuais e professores negros idealizaram a produção de um documentário sobre a luta do movimento antirracismo e defenderam a saída do atual presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo. O filme ainda conta com o apoio e o depoimento do pai dele, o poeta e escritor Oswaldo de Camargo.

De acordo com os idealizadores, que fazem parte do Coletivo de Intelectuais Negras e Negros, o documentário "Vozes Negras por Palmares" tem como objetivo apresentar uma "breve aula sobre a atuação do movimento negro na luta por uma sociedade justa, equânime e igualitária". O relato foi publicado na Carta Capital

Camargo é reconhecido pelos seus ataques ao movimento negro e suas lideranças, como Zumbi dos Palmares, que foi chamado de "filha da puta" por ele. Também afirmou que o movimento negro é uma "escória maldita" e formado "vagabundos".

Diante de intensos protestos contra o racismo policial nos Estados Unidos, o presidente da Fundação Palmares afirmou que o movimento Black Live Matters (Vidas Negras Importam) é um "lixo esquerdopata!".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247