Juliana Paes tenta se esclarecer por defesa de bolsonarista e diz que não apoia "delírios comunistas da extrema esquerda"

Ao falar sobre política, em vídeo publicado no Instagram, a atriz Juliana Paes declarou que “eu não apoio as ideias arrogantes da extrema-direita, eu não apoio delírios comunistas da extrema esquerda”

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A atriz Juliana Paes tentou se explicar após ser amplamente criticada por defender a médica bolsonarista Nise Yamaguchi, integrante de um “ministério paralelo” que sugeriu a mudança da bula da cloroquina para colocar o medicamento como eficiente contra a Covid-19.

No entanto, ao falar sobre política, em vídeo publicado no Instagram, a atriz declarou que “eu não apoio as ideias arrogantes da extrema-direita, eu não apoio delírios comunistas da extrema esquerda”. 

“Eu quero respeito e acolhimento a todas as causas minoritárias, mas eu quero que isso aconteça independente de ideologia”, afirmou. 

“Quero um governo liberal que respeite as liberdades individuais. Quero uma máquina pública enxuta. Eu quero o fim do fundo partidário eleitoral”, disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email