Lollapalooza: Emicida faz apelo a jovens para tirarem título de eleitor e manda Bolsonaro ‘tomar no c*’ (vídeo)

“Se você tem de 15 a 18 anos, tira a po*a do título de eleitor”, convocou o rapper

www.brasil247.com - Emicida
Emicida (Foto: Reprodução)


247 - O cantor Emicida começou seu show no Lollapalooza neste sábado (26) fazendo um apelo para que jovens tirem seu título de eleitor. Em seguida, do palco, mandou Jair Bolsonaro “tomar no c*”, em mais uma manifestação política no festival de música que acontece em São Paulo.

“Se você tem de 15 a 18 anos, tira a po*a do título de eleitor”, convocou o rapper. Diversos artistas aderiram nos últimos dias a uma campanha da Justiça Eleitoral nas redes sociais para estimular jovens a tirar o título de eleitor. Para votar na eleição de outubro, é preciso emitir o documento até o dia 4 de maio.

A campanha acabou ganhando adesão de celebridades progressistas, com o mote ‘tirar o título para tirar Bolsonaro’. Os bolsonaristas lançaram, por outro lado, o “sou jovem, sou Bolsonaro”. O TSE informou que entre os dias 14 e 18 de março foram emitidos 96.425 novos títulos de eleitor, em todo o Brasil e no exterior, para jovens entre 15 e 18 anos de idade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bolsonaro vai ao TSE contra o Lollapalooza

O festival de música foi palco de outras manifestações políticas durante shows, como de Marina e Pabllo Vittar. Um vídeo de Pabllo viralizou quando a cantora exibiu uma toalha de banho com o imagem de Lula estampada. Ela também escrachou Bolsonaro e fez o “L” de Lula com a mão.
O PL, partido de Bolsonaro, foi ao TSE neste sábado contra o festival e contra Pabllo Vittar acusando propaganda eleitoral antecipada em referência às manifestações artísticas espontâneas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email