Economia

Banco do Brasil aloca mais R$ 50 milhões para apoio aos clientes no Rio Grande do Sul

Apoio chega a R$ 60 milhões. Além de doações, o banco também presta ajuda humanitária e flexibilizações negociais

Imagem Thumbnail
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Agência Gov - O Banco do Brasil anunciou nesta quinta-feira (9/5) alocação de mais R$ 50 milhões como medida de apoio aos clientes atingidos pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Este valor se soma às doações que já haviam sido feitas pelo Conglomerado Banco do Brasil e ao montante arrecadado na campanha especial de mobilização. As entregas são realizadas por parceiros da Fundação BB organizados no estado.

Todo o valor arrecadado está sendo revertido em alimentos, kits de higiene e limpeza, entre outros, conforme as necessidades da população afetada. E apoiará a reconstrução da vida de clientes impactados. Com isso, o montante destinado via BB já chega a R$ 58,1 milhões, além do apoio humanitário e flexibilizações negociais.

"Todos somos solidários em relação à amplitude da tragédia que assola o Rio Grande do Sul. Desde o primeiro momento, ainda na semana passada, anunciamos ações para contribuir na recuperação do estado. E hoje anunciamos novas medidas pelo nosso Conglomerado", diz Medeiros, presidenta do BB.

"Nossas ações envolvem doações na casa dos milhões de reais pelo BB e empresas do Conglomerado. Mas vai além, com apoio humanitário na região e medidas negociais relevantes para os clientes de forma a contribuir para amenizar este momento de dor", observa Tarciana. "Continuamos acompanhando de perto a situação e vamos usar nossos canais, a nossa capilaridade e o que estiver ao nosso alcance para ajudar o Estado. Desejamos que o Rio Grande do Sul possa começar a se reconstruir o quanto antes, com o apoio de toda a sociedade brasileira."

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Flexibilizações negociais - O Banco do Brasil anunciou ao longo dos últimos dias diversas medidas de apoio aos clientes da região:

  • Seguros - A BB Seguros priorizou o atendimento aos segurados da região nos canais de atendimento para melhor acolhê-los e tem realizado contato ativo com clientes para avisar sobre a disponibilidade de cobertura dos seguros Residencial, Auto, Empresarial e Rural.
    A seguradora também reforçou e priorizou a esteira de assistências e sinistros, além de simplificar o processo de abertura e análise.
    Também foram ampliados os valores dos serviços de limpeza, cobertura de telhados e desentupimento previstos nas apólices dos seguros Residencial e Empresarial. Reguladores e peritos foram enviados para as regiões atingidas, com possibilidade de realizar a vistoria presencialmente ou de forma remota.
  • Crédito - O Banco do Brasil decidiu pela manutenção de disponibilidade de crédito e avaliação de risco para PF, PJ e produtores rurais. As micro e pequenas empresas terão à disposição linhas governamentais e próprias com condições diferenciadas. Além disso, os clientes terão carência de até seis meses para pagamento da primeira parcela na renovação ou contratação de BB Crédito Consignado e BB Crédito Salário.
    O Banco também irá conceder crédito aos municípios afetados para agilizar o processo de reconstrução da infraestrutura das cidades, além de priorizar a emissão dos Cartões Pagamento Defesa Civil.

Renegociação de dívidas - O BB também definiu ações para renegociação de dívidas dos clientes:

  • Renegociação de dívidas com taxas diferenciadas, com até 180 dias de carência e até 120 meses para pagamento
  • Suspensão das ações de cobrança e de negativação de clientes localizados em munícipios afetados;
  • Pula Parcela com a prorrogação de até três parcelas para as linhas Reescalonamento PJ, Renegociação Massifica e Renegociação Especial;
  • Pula Parcela Emergencial PJ para as linhas BB Capital de Giro Digital e BB Financiamento PJ, que permite a prorrogação extraordinária das seis próximas parcelas vincendas;
  • Linhas de repactuação de dívidas (Reperfilamento PJ), com prazos de 36, 48 ou 60 meses e até seis meses de carência para as empresas do RS, ou até 72 meses, para as contratações via Pronampe;
  • Repactuação de quatro parcelas de capital e encargos básicos das operações de financiamento imobiliário e empréstimo com garantia de imóvel, que serão transferidas para o final do cronograma;
  • Além disso, os clientes agro do Rio Grande do Sul terão as operações prorrogadas de acordo com as necessidades individuais. O Banco também implementou medidas simplificadoras, para atender principalmente nas operações da agricultura familiar, dispensando a apresentação de laudos individuais.

Cartões e cobrança - O saldo devedor das faturas de cartões Ourocard não pagas integralmente durante o período de calamidade será transportado para o mês seguinte, sem incidência de encargos. Também serão suspensas as ações de cobrança e de negativação de clientes localizados em municípios afetados.

Também haverá isenção ou estorno de tarifas dos produtos Cobrança Bancária, Pagamentos em Lote e Débito Automático de clientes MPE por 60 dias (1º/5 a 30/6).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O BB está recebendo doações de qualquer valor por meio da conta abaixo:
Banco do Brasil – 001
Agência 1607-1
Conta 51.000-9
Pix: pix.enchentesrs@fbb.org.br
IBAN (para remessas internacionais): BR7700000000016070000510009C1

Além da doação em espécie, 16 unidades das Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) estão recebendo itens de primeira necessidade, sendo que oito delas também foram mobilizadas para acolher pessoas desabrigadas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO