Bradesco e Santander entram com ação para tomar patrimônio pessoal de Lemann, Telles e Sicupira

Pedido de auditoria forense quer provar que houve fraude na companhia e chegar ao patrimônio pessoal dos sócios

www.brasil247.com - Beto Sicupira, Jorge Paulo Lemann e Marcel Telles
Beto Sicupira, Jorge Paulo Lemann e Marcel Telles (Foto: Divulgação)


247 - Bradesco e Santander decidiram entrar na guerra contra as Americanas. Os bancos entraram com uma ação na Justiça para responsabilizar os acionistas Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira pelo rombo na varejista.

De acordo com reportagem do Valor Econômico, o objetivo é chegar ao patrimônio pessoal dos sócios provando que houve fraude na companhia, solicitando, assim, a desconsideração da personalidade jurídica da varejista.

>>> Banco Safra vai à Justiça para suspender recuperação judicial da Americanas

"No pedido de auditoria forense, os bancos pedem que sejam colhidos depoiamentos do trio da 3G, de Paulo Alberto Lemann (filho de Jorge Paulo e membro do conselho de administração da Americanas) e do ex-CEO Sérgio Rial, que ficou apenas nove dias no cargo e saiu ao nunciar o rombo bilionário. Eles também querem ter acesso a e-mail e outras formas de comunicação desses envolvidos", destaca a reportagem.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247