Caixa pretende liberar linhas de microcrédito para baixa renda às vésperas das eleições

Parceria com Sebrae e BNDES pode turbinar microcrédito para destinar mais R$ 60 bilhões em empréstimos

www.brasil247.com -
(Foto: Agência Brasil)


247 - O governo de Jair Bolsonaro vem adotando todas as possibilidades possíveis para distribuir recursos à população mais pobre antes das eleições, numa tentativa de reduzir a diferença para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Depois da PEC eleitoreira que aumentou o Auxílio Brasil para R4 600 até dezembro e de permitir empréstimo consignado para beneficiários do programa, a Caixa Econômica Federal turbinou a parceria com o Sebrae para tentar alavancar até R$ 60 bilhões em microcrédito antes das eleições.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, as novas linhas de crédito da Caixa –de até R$ 3.500— funcionarão como gesto político para os mais pobres que ainda não embarcaram na candidatura de Jair Bolsonaro mesmo diante dos R$ 42 bilhões em benefícios sociais que serão concedidos neste ano.

>>> Bolsonaro arranjou um jeito de dar o Auxílio Brasil aos bancos, diz Eduardo Moreira sobre empréstimo consignado

O acordo foi fechado pela nova presidente, Daniella Marques, ex-braço direito do ministro Paulo Guedes (Economia). As linhas de crédito são destinadas para pessoas físicas que prestam serviços, na cidade ou no campo, ou que exerçam alguma atividade produtiva "de forma individual ou coletiva".

Para o microempreendedor individual, o limite de faturamento é R$ 81 mil. Para o tomador que já possui uma pequena empresa aberta, as linhas mudam de acordo com o faturamento, que não pode passar de R$ 4,8 milhões por ano.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email