Calote de Lemann, Telles e Sicupira atinge bancos, indústrias, big techs e editoras de livros

Bilionários provocaram dano bilionário à economia brasileira

www.brasil247.com - Carlos Alberto Sicupira, Paulo Lemann e Marcel Telles
Carlos Alberto Sicupira, Paulo Lemann e Marcel Telles (Foto: Reprodução | Divulgação/Expert)


247 - A Americanas entregará à Justiça nas próximas horas a lista final de seus credores, como parte do processo de recuperação judicial. Segundo Lauro Jardim, do jornal O Globo, são 7.972 credores, entre pessoas físicas, jurídicas e municípios. 

Diante das dívidas declaradas à Justiça, de R$ 43 bilhões, e da lista de credores, a Americanas, controlada pelos bilionários Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira, provocará um dano também bilionário à economia brasileira.

>>> Bancos declaram guerra a Lemann, Telles e Sicupira após rombo na Americanas: "é fraude, é crime, não tem discussão"

O trio caloteiro atingirá bancos, indústrias, big techs e até editoras de livros.

Veja a lista:

Bancos:

  • BTG: R$ 3,5 bilhões
  • Deutsche Bank: R$ 5,2 bilhões
  • Bradesco: R$ 4,8 bilhões
  • Santander: R$ 3,6 bilhões
  • BV: R$ 3,2 bilhões
  • Safra: R$ 2,5 bilhões
  • Itaú: R$ 2,9 bilhões
  • Banco do Brasil: R$ 1,3 bilhão
  • Caixa: 501 milhões
  • BNDES: R$ 276 milhões

Empresas de Tecnologia:

  • Google: R$ 294 milhões
  • Apple: R$ 98 milhões
  • Facebook: R$ 14,8 milhões

Fabricantes de chocolates:

  • Nestlé: R$ 259 milhões 
  • Ferrero Rocher: R$ 14,8 milhões
  • Mondelez: R$ 93 milhões
  • Neugebauer: R$ 15 milhões
  • The Hershey: R$ 16,7 milhões

Fabricantes de televisores:

  • Samsung: R$ 1,2 bilhão
  • Semp: R$ 70 milhões
  • LG: R$ 52,8 milhões

Fabricantes de computadores:

  • Lenovo: R$ 31 milhões
  • Dell: R$ 37 milhões

Editoras de livros:

  • Companhia das Letras: R$ 7,2 milhões
  • Intrínseca: R$ 5,9 milhões

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247