HOME > Economia

Dilma: 'Bolsonaro quer desgastar a Petrobrás perante o povo para privatizá-la. Não vai conseguir'

"O presidente culpa a Petrobrás pelo preço do combustível porque ele nunca assume a responsabilidade", disse Dilma, que também falou contra a política de preços a empresa

Dilma Rousseff (Foto: Alessandro Dantas/PT | Reuters)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta quarta-feira (30) que Jair Bolsonaro (PL) transfere a culpa pela alta dos combustíveis para a Petrobrás com o objetivo de minar a imagem da empresa perante a sociedade brasileira, abrindo caminho, por consequência, para privatizá-la.

>>> Lobista indicado para o comando da Petrobrás não revela os clientes de sua empresa

À Télam, agência de notícias argentina, ela disse: "o presidente culpa a Petrobrás pelo preço do combustível porque ele nunca assume a responsabilidade por seus atos. Mas também porque ele quer desgastar a imagem da Petrobrás perante o povo para privatizá-la, algo que ele não vai conseguir".

Na avaliação da ex-presidente, o preço dos combustíveis no Brasil estará no centro da campanha eleitoral neste ano. "A mudança da Petrobrás é mais um passo no processo destrutivo da Petrobrás. O presidente que não aceita o cargo de presidente coloca a responsabilidade na Petrobrás como se a Petrobrás não fosse administrada por uma administração por ele indicada, com um Conselho de Administração por ele indicado em maioria”, afirmou.

Dilma reforçou o discurso contra a atual política de preços da Petrobrás, que vincula os preços no Brasil ao dólar. "Impor o preço internacional importado é tirar valores abusivos do bolso das pessoas".

Ela ainda lembrou dos preços dos combustíveis quando estava no governo. "Quando saí do governo, um litro custava R$ 2,95 e eles reclamaram de intervir no mercado e hoje são R$ 8. O mais absurdo é o diesel, que influencia todas as atividades econômicas".

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: