MPF abre inquérito para investigar aumentos abusivos de preços determinados pela Petrobrás

O órgão destacou a necessidade de analisar "abuso de poder e monopólio"

www.brasil247.com -
(Foto: ABr)


247 - O Ministério Público Federal (MPF) abriu inquérito com o objetivo de apurar aumentos abusivos de combustíveis determinados pela Petrobrás. A medida, do dia 15 de junho, foi publicada nesta quarta-feira (22). O órgão destacou a necessidade de analisar "abuso de poder e monopólio", segundo informações publicadas nesta quarta pela coluna Painel

A empresa anunciou, na última sexta-feira (17), reajuste de 5,2% no preço da gasolina e de 14,2% no diesel.

O líder dos caminhoneiros autônomos, Wallace Landim, disse na sexta que uma greve da categoria "é o mais provável" com os novos aumentos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Desde de 2016, os preços de produtos derivados de petróleo determinados pela Petrobrás passaram a mudar de acordo com as variações do dólar no mercado internacional. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email