CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Economia

Mundo pode estar à beira de uma crise de endividamento, diz Haddad

Haddad voltou a defender o fortalecimento de bancos multilaterais e a taxação de super ricos para ampliar espaço fiscal nos países

Imagem Thumbnail
Fernando Haddad (Foto: Reuters/Adriano Machado)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

(Reuters) - O mundo pode estar à beira de uma crise de endividamento público dos países, disse nesta quarta-feira o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, após expansão fiscal “sem precedentes” com o objetivo de mitigar efeitos da pandemia de Covid-19.

“Podemos estar à beira de uma nova crise de dívida, com vários países comprometendo partes muito significativas dos seus orçamentos com o serviço da dívida”, disse.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Falando em evento da Aliança Global Contra a Fome e a Pobreza, em Washington, Haddad afirmou que o G20 está trabalhando para lidar com o tema. Segundo ele, países africanos vão liderar um debate em junho em busca de soluções.

Ele voltou a defender o fortalecimento de bancos multilaterais e a taxação de super ricos para ampliar espaço fiscal nos países.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO