Sob Bolsonaro, União perde assento no Conselho de Administração da Petrobrás para acionistas minoritários

Antes da reunião de acionistas, nesta quinta-feira, 14, a composição era de sete representantes do governo federal, três dos acionistas minoritários e um dos trabalhadores

www.brasil247.com -
(Foto: Divulgação)


247 - A União passou a ter um assento a menos no Conselho de Administração da Petrobrás, perdendo-o para acionistas. Antes da reunião de acionistas, nesta quinta-feira, 14, a composição era de sete representantes do governo federal, três dos acionistas minoritários e um dos trabalhadores.

Após o encontro, o governo federal passará a ter apenas seis representantes. O grupo toma decisões estratégicas sobre a estatal. 

A assembleia geral de acionistas definiu ainda o nome de José Mauro Ferreira Coelho para a presidência da estatal, e Márcio Andrade Weber como presidente do novo conselho. (Com informações da CNN Brasil). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email