CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Entrevistas

“Homens falando e escrevendo absurdos em nome de Deus tem em todo lugar, inclusive na Bíblia”, diz pastor João Berlofa

Pastor aborda a interpretação da Bíblia frente ao fundamentalismo evangélico

(Foto: Divulgação )
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Durante o programa "Um Tom de Resistência", da TV 247, o pastor, teólogo e escritor João Berlofa, fundador da igreja online GARAGEM, foi entrevistado pelo apresentador Ricardo Nêggo Tom. Durante a conversa, Ricardo Nêggo Tom questionou o papel da Bíblia na luta contra o fundamentalismo evangélico, mencionando um trecho do livro de Números.

A pergunta de Ricardo Nêggo Tom foi direta: "Até que ponto a Bíblia é o grande problema para combatermos o fundamentalismo evangélico?" João Berlofa respondeu, enfatizando a existência de textos considerados absurdos no Antigo Testamento e a importância da interpretação crítica desses trechos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Berlofa abordou a natureza dos textos bíblicos, ressaltando que muitos deles refletem a mentalidade de um povo primitivo e sua visão sobre Deus e a moralidade. Ele destacou que, embora esses textos estejam presentes na Bíblia, é essencial compreendê-los dentro de seu contexto histórico e cultural.

"Você pode usar um texto desses para mostrar aos fiéis a forma absurda como aquele povo enxergava a Deus, e até onde vai o poder de um homem que tem o direito de falar em nome de Deus", explicou Berlofa. Ele também criticou a interpretação literalista da Bíblia, que, segundo ele, fortalece estruturas opressivas e políticas prejudiciais, como o governo de Bolsonaro.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"A nossa fé está em Jesus. O antigo testamento mostra a história daquele povo, com erros acertos, histórias, mitos, poesias, basta inteligência, exegese, hermenêutica, historiografia, ciência, carbono 14, tudo isso para fazer uma boa leitura desses textos", ressaltou Berlofa. Ele enfatizou a importância da reflexão crítica e da contextualização histórica para uma compreensão mais ampla e humanizada da mensagem bíblica.

Assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO