Paulo Teixeira critica ataques de Ciro Gomes a Lula: "Está demonstrando desespero, que final trágico"

Deputado petista também reprovou fala de Paulo Guedes, que negou que haja 33 milhões de brasileiros passando fome: "Vive num mundo de ilusão"

www.brasil247.com - Paulo Teixeira e Ciro Gomes
Paulo Teixeira e Ciro Gomes (Foto: Reprodução | ABR)


247 - Em entrevista à TV 247, o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) criticou os recentes ataques promovidos por Ciro Gomes (PDT) ao ex-presidente Lula e ao Partido dos Trabalhadores. De acordo com o deputado, o presidenciável pedetista está 'desesperado' por não conseguir alavancar nas pesquisas de intenção de voto.

"Ciro Gomes está demonstrando um desespero em face do fato de que ele não conseguiu entrar no processo eleitoral de maneira a ganhar tração. Pelo contrário, hoje há um movimento que vem da sociedade pedindo ao Ciro Gomes que ajude a derrotar o fascismo no Brasil. A candidatura do Ciro não conseguiu ganhar tração, ainda que ele seja um sujeito muito preparado. Mas a reação dele demonstra despreparo, desqualificação, isso não poderia fazer parte da história do Ciro. Que final trágico. Lamentável que às vezes ele tenta fazer o jogo do bolsonarismo", afirmou Teixeira.

O deputado petista também comentou a recente declaração de Paulo Guedes, que contrariou estudos e negou que haja 33 milhões de brasileiros passando fome. Segundo Teixeira, "esse é um governo do capital financeiro e, por essa razão, Paulo Guedes vive num mundo de ilusão. Ele se ilude e quer iludir o povo brasileiro. O mundo real é o de 33 milhões de brasileiros vivendo em situação de extrema pobreza e miséria. Metade da população brasileira se alimenta inadequadamente."

"O desemprego é alto e o salário mínimo é o menor desde o Plano Real. Paulo Guedes é aquele que disse que a filha da empregada doméstica não pode ir para Miami. Foi ele que disse que o filho do porteiro não pode ir para a universidade. Ele disse que abraçaria um servidor público e colocaria uma dinamite no bolso do funcionário público", concluiu.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email