CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Esporte

Lutador negro é agredido por estar abraçado com mulher branca

O agressor Matheus Cerqueira Santana foi linchado por populares que ouviram as ofensas racistas dele contra Gabriel Campolina Santos

Gabriel Campolina Santos (Foto: Reprodução (Uol))
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Lutador da seleção brasileira de taekwondo, Gabriel Campolina Santos foi agredido por trás em uma estação da CPTM, na cidade de São Caetano do Sul (SP). O motivo: ele é negro e estava abraçado com uma mulher branca.

O agressor Matheus Cerqueira Santana foi linchado por populares que ouviram as ofensas racistas dele contra o atleta. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O esportista comentou sobre as agressões. "A gente estava um do lado do outro quando, do nada, eu senti a voadora. Achei que alguém tinha caído em cima da gente, quando olhei para trás, ele começou a me bater, puxar meu cabelo", contou o lutador ao Olhar Olímpico.

Em depoimento à polícia, Sabrina disse que Matheus, o agressor, chegou a perguntar para ela: "Você não tem vergonha de estar com um cara negro?".

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO