Minas rescinde contrato com Maurício Souza por post homofóbico

O caso começou quando o jogador de vôlei criticou, há duas semanas, o anúncio feito pela DC Comics de que o novo Super-Homem se identifica como bissexual

www.brasil247.com - Mauricio Souza
Mauricio Souza (Foto: Reuters/Valentyn Ogirenko)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O Minas Tênis Clube oficializou a demissão do jogador de vôlei bolsonarista Maurício Souza, após fala homofóbica do atleta e pressão de patrocinadores

O caso começou quando Maurício criticou, há duas semanas, o anúncio feito pela DC Comics de que o novo Super-Homem, filho do Super-Homem original, irá se identificar como um personagem bissexual nas próximas edições. "Ah, é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar", postou o bolsonarista em suas redes sociais.

Após a declaração, Jair Bolsonaro saiu em defesa do atleta. "Puta que o pariu, impressionante né? Tudo é homofobia, tudo é feminismo", disse Bolsonaro pouco antes de participar de uma entrevista na Jovem Pan News. 

PUBLICIDADE

O técnico da seleção masculina de vôlei, Renan dal Zotto, fechou as portas da equipe para o jogador.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email