Patrícia Lelis encontra Moro nos EUA: "aqui o homem que destruiu o Brasil" (vídeo)

“Já é a terceira vez que encontro esse filho da puta, pois toda vez que eu encontrá-lo, vai ser assim. Que volte pro Brasil de Bolsonaro”, comentou Patrícia Lelis no Twitter, após encontra Sergio Moro em Georgetown (EUA)

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A jornalista Patrícia Lelis, ex-namorada de namorada de Eduardo Bolsonaro, filmou o ex-juiz da Lava Jato de Curitiba (PR), Sergio Moro, em Georgetown nos Estados Unidos. “Aqui está o homem que destruiu o Brasil”, afirma no vídeo.

“Ô, mocinha, pode parar com isso”, retrucou o ex-ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro. “Lula Livre”, respondeu a jornalista.

“Já é a terceira vez que encontro esse filho da puta, pois toda vez que eu encontrá-lo, vai ser assim. Que volte pro Brasil de Bolsonaro”, comentou Lelis no Twitter.

Através da Lava Jato, Moro orquestrou um esquema ilegal no Judiciário brasileiro, condenou o ex-presidente Lula (PT) sem provas, abrindo o caminho para a eleição de Bolsonaro em 2018 - num governo no qual assumiu o Ministério da Justiça. 

PUBLICIDADE

A operação também foi responsável pela quebra de diversas empresas nacionais, pela destruição de mais de 4 milhões de empregos, entre outros malefícios, comprovadamente, liderados pelo Estado dos EUA.

Investigação pode apontar como Washington usou Moro para interferir no Brasil

Um grupo de 23 parlamentares democratas aguarda a resposta do procurador-geral dos Estados Unidos, Merrick Garland, para saber como a principal potência mundial se intrometeu na questão interna brasileira.

O pedido de explicações ao procurador-geral Garland de representantes do Partido Democrata é um derivado da carta que 77 legisladores brasileiros enviaram aos seus homólogos norte-americanos em 2020. 

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email