Participantes de pesquisa relatam diminuição do pênis após Covid-19

A partir de questionários, estudo britânico e norte-americano acompanhou pacientes que tiveram sequelas de longo prazo

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Metrópoles - Uma pesquisa conduzida por cientistas britânicos e norte-americanos deixou ex-pacientes de Covid-19, especialmente do sexo masculino, preocupados. O estudo teve como objetivo analisar o impacto social, profissional e biológico, após a infecção por Sars-CoV-2. Entre os diversos efeitos colaterais observados pelos participantes, está a diminuição do tamanho do pênis e dos testículos. O trabalho está publicado na plataforma científica MedRxiv e ainda precisa passar pela revisão de pares.

A análise foi feita com base em questionários enviados pela internet a 3.762 pacientes com Covid-19 prolongada (ou seja, com duração de 28 dias ou mais), provenientes de 56 países. Os participantes foram infectados pelo coronavírus antes de junho de 2020 e rastreados por sete meses. O estudo foi promovido pelo instituto de pesquisa de Londres Sainsbury Wellcome Centre, pela University College London, pelo New York-Presbyterian Hospital e pela Universidade de Saúde e Ciência de Oregon, nos Estados Unidos.

Cerca de 3% dos 718 homens que participaram da pesquisa relataram a diminuição do órgão genital após a doença. Outros efeitos colaterais relacionados à saúde sexual entre os homens incluem a disfunção erétil, apontada por 12% deles, além da dor nos testículos (11%). Uma média de 5% dos homens informou outros problemas relacionados ao pênis, testículos e sêmen.

Continue lendo no Metrópoles

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email