PF confirma que restos mortais recolhidos no Vale do Javari são de Bruno Pereira

O indigenista foi atingido por disparos no tórax, abdômen e na cabeça

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/TV Globo)


247 - A Polícia Federal (PF) informou na tarde deste sábado, 18, que os restos mortais de Bruno Pereira foram identificados no material recolhido do local que foi apontado por 'Pelado', um dos homens que confessou ter participado no assassinato do indigenista e o jornalista Dom Phillips. 

>>> Terceiro suspeito pela morte de Bruno Pereira e Dom Phillips se entrega à polícia

Segundo a PF, Bruno e Dom foram mortos por disparos de uma arma "com munição típica de caça, com múltiplos balins". O indigenista foi atingido no tórax, abdômen e na cabeça. O jornalista foi ferido no tórax e abdômen.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pela PF: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Comitê de crise, coordenado pela Polícia Federal/AM, informa que os remanescentes do Sr. Bruno Pereira fazem parte do material que passa por perícia no Instituto Nacional de Criminalística (INC). A confirmação foi feita com base no exame de Odontologia Legal (arcada dentária).

Na noite de ontem, 18/06/2022, foi confirmada a identificação de remanescentes do Sr. Dom Phillips por exame papiloscópico (impressões digitais), em complementação a identificação prévia por odontologia legal, combinada com antropologia forense.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Não existem indicativos da presença de outros indivíduos em meio ao material que passa por exames.

O exame médico-legal, realizado pelos peritos da PF, indica que a morte do Sr. Dom Phillips foi causada por traumatismo toracoabdominal por disparo de arma de fogo com munição típica de caça, com múltiplos balins, ocasionando lesões principalmente sediadas na região abdominal e torácica (1 tiro).

A morte do Sr. Bruno Pereira foi causada por traumatismo toracoabdominal e craniano por disparos de arma de fogo com munição típica de caça, com múltiplos balins, que ocasionaram lesões sediadas no tórax/abdômen (2 tiros) e face/crânio (1 tiro).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os trabalhos dos peritos do Instituto Nacional de Criminalística, nos próximos dias, serão concentrados nos exames de Genética Forense, Antropologia Forense e métodos complementares de Medicina Legal, para identificação completa dos remanescentes e compreensão da dinâmica dos eventos. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email