Após Felipe Neto, Youtuber de 9 milhões de seguidores critica Bolsonaro

O Youtuber Lucas Rangel disparou: 'Bolsonaro não me representa. Não é meu presidente e nunca será'

Lucas Rangel
Lucas Rangel (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Youtuber Lucas Rangel foi ao Twitter manifestar sua indignação em relação a Jair Bolsonaro. Rangel diz ter sido incentivado pelo vídeo-carta aberta de Felipe Neto divulgado neste sábado no qual cobra um posicionamento político de influenciadores e artistas: "quem se cala perante o fascismo é fascista".

Lucas Rangel cravou que Bolsonaro não o representa: "eu não falo sobre política por não saber muito, porém isso não me impede de mostrar meu lado nessa história: ele não me representa. Não é meu presidente e nunca será".

"Não dá mais pra ficar calado perante toda essa negligência com a nação", complementou o Youtuber.

Ele ainda recomendou que seus seguidores estudem e se informem. "É assim que um governo sem noção foi instaurado: quando as pessoas não tinham nem ideia do que estava sendo feito e deixaram apenas acontecer".

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247