BBC prepara matéria contra documentário de Joaquim de Carvalho e TV 247 convida repórter da rede britânica para debater o caso

Repórter Juliana Gragnagni poderá debater o caso com Joaquim de Carvalho na TV 247 ou na BBC, caso tenha interesse

Bolsonaro levando facada e Joaquim de Carvalho
Bolsonaro levando facada e Joaquim de Carvalho (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – A ação aparentemente coordenada de certos grupos de comunicação para colocar em dúvida o documentário "Bolsonaro e Adélio – uma fakeada no coração do Brasil", que superou 1,2 milhão de visualizações e cujo conteúdo não foi questionado por Jair Bolsonaro, chegou agora à BBC, braço de comunicação do governo britânico. Na noite de ontem, a jornalista Juliana Gragnani, da emissora, procurou a redação do 247, alegando que um de seus entrevistados comparou o trabalho de Joaquim de Carvalho, um dos jornalistas investigativos mais premiados do Brasil, à produtora olavista Brasil Paralelo. Na sua mensagem, Juliana também sinalizou que confia na versão oficial do caso apresentada pela Polícia Federal. Em resposta, a direção do 247 informou que a comparação é descabida, uma vez que o Brasil 247 e a TV 247 possuem uma redação com os mais qualificados e premiados jornalistas profissionais do Brasil e também um conselho editorial com os mais respeitados intelectuais e juristas do País. O 247 também assinalou que, ao longo da história, muitas versões oficiais foram posteriormente derrubadas, como o caso das "armas de destruição em massa do Iraque". Assim como foi feito com outros veículos que colocaram ou pretenderam colocar em xeque o trabalho de Joaquim de Carvalho, a repórter da BBC também foi convidada para um debate aberto, público e transparente sobre o caso.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email