Benja quer excluir sua participação no Flow após Monark defender nazismo

O jornalista Benjamin Back publicou seu repúdio nas redes sociais e pediu para que o episódio em que ele participa seja retirado do ar

www.brasil247.com -


247 - Na esteira da repercussão da fala nazista e antissemita do apresentador Monark no podcast Flow, o jornalista Benjamin Back publicou seu repúdio nas redes sociais e pediu para que o episódio em que ele participa seja retirado do ar. A reportagem é do portal UOL. 

"Se eu soubesse que vocês apoiam o nazismo, jamais teria participado desse podcast! Inclusive, gostaria que o meu episódio fosse retirado do ar, pois não compactuo com esse tipo de pensamento. Triste de saber que vocês pensam assim, tolerar e apoiar o nazismo é inadmissível", escreveu o apresentador do SBT em suas redes sociais, na legenda de um vídeo em que um podcaster defende a existência de um partido nazista no Brasil.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

>>> Após Monark 'liberdade de expressão' para nazistas, coletivos judaicos pressionam patrocinadores do Flow

Benja, que é judeu, refere-se ao "Flow Podcast", cujo apresentador Monark há muito tem propagado discursos de ódio. Ele já comparou homofobia a "gostar de um refrigerante", em outra ocasião disse que "ter opinião racista não é crime" -na verdade é crime, sim, segundo a Lei nº 7.716, art. 20, que prevê até três anos de reclusão a quem "praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Desta vez o apresentador atacou a comunidade judaica. "O nazista deveria ter o partido nazista reconhecido pela lei", afirmou Monark, referindo-se ao regime que perseguiu, prendeu e assassinou ao menos 5 milhões de pessoas na Alemanha. "Se o cara quer ser 'antijudeu', ele tem o direito de ser", reafirmou.

>>> Internautas se revoltam com Monark por defender a existência do nazismo: "deveria estar preso"

Benjamin Back foi entrevistado por este mesmo podcast em outubro de 2021. É este episódio que ele pede que seja retirado do ar após a incitação ao nazismo, que aconteceu em programa com os deputados federais Kim Kataguiri (Podemos) e Tabata Amaral (PSB), publicado ontem (7).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email