Bolsonaro conseguiu reação de apenas 2% do Twitter ao suspeitar de fraudes nas eleições

As eventuais fraudes nas eleições municipais apontadas por Jair Bolsonaro representaram somente 2% das manifestações feitas no Twitter e no Facebook em 48 horas. Foi o que apontou a agência de análise e inteligência em dados MAP

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A agência de análise e inteligência em dados MAP informou que as eventuais fraudes nas eleições municipais apontadas por Jair Bolsonaro representaram somente 2% das manifestações feitas no Twitter e por meio de perfis públicos do Facebook, entre domingo (15) e terça (17).

Perfis bolsonaristas e de extrema-direita fizeram cerca de 54,2 mil publicações com preocupação sobre a legitimidade do pleito. A informação foi publicada pela coluna de Mônica Bergamo.

"Nós temos que ter um sistema de apuração que não deixe dúvidas. É só isso. Tem que ser confiável e rápido", disse Bolsonaro na última segunda-feira (16) em frente ao Palácio da Alvorada.

"Não deixar margem para suposições. Agora [temos] um sistema que desconheço no mundo onde ele seja utilizado. Só isso e mais nada. O Supremo disse que é inconstitucional o voto impresso, tem proposta de emenda constitucional na Câmara. Se nós não tivermos uma forma confiável de apurar as eleições, a dúvida sempre vai permanecer", afirmou. 

Bolsonarista, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) também afirmou ter "solicitado a anulação" das Eleições 2020.

A deputada federal Carla Zambelli (PSL), por exemplo, questionou se houve "fraude monumental" nas eleições, uma vez que houve uma derrota clara da extrema direita. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email